OUVIR

OUVIR | PR. ALDRIC BONANI | 24.11.12

Vamos nos deter sobre um versículo que está em Hebreus, mas antes é importante entendermos que esta é uma carta que traz várias exortações, verdadeiros alertas a vivermos o que é essencial em nossa vida cristã.

ESSENCIAL, hoje temos sérios problemas com o que esta palavra representa e isto é evidenciado na forma como temos conduzido nossas vidas. O dicionário define “essencial” como algo “necessário, indispensável, importante, fundametal”.

Mas preste atenção à forma como temos vivido; achamos “essencial” garantir o que mantenha as aparências e não  o que de fato seja indispensável. De repente se tornou mais “relevante” termos um celular de última geração do que investirmos em conhecimento; ou, mantermos nossas redes sociais atualizadas e cheias de contatos, do que passar alguns momentos falando face a face com nossos verdadeiros amigos ou talvez estar antenados ao que está acontecendo na novela ao invés de nos lançarmos nas riquezas da Palavra de Deus. As prioridades estão invertidas. Temos tratado como principal o que é acessório.

Não damos mais importância ao que verdadeiramente é importante e por isso temos nos esvaziado – em todos os sentidos – do que é verdadeiro! Viver de aparências é a consequência de ignorar o que é essencial.

E isto tem se refletido em nossa vida espiritual, nos lançamos em atividades religiosas e ignoramos a vida de intimidade e comunhão com o Senhor. Por isso, hoje quero falar sobre uma das necessidades essenciais em nossa fé – OUVIR!

HB 2:1 | “1 Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos”. 

No primeiro capítulo de Hebreus, Cristo é retratado de diversas maneiras:

“herdeiro, por quem fez o Universo, resplendor da Glória, expressão exata do Seu ser, aquele que sustenta todas as coisas pela palavra do Seu poder, o que está assentado à direita de Deus, superior aos anjos, nome excelente, primogênito do mundo, razão da nossa adoração, ungido com o óleo de alegria…”

E é justamente a este Jesus que o autor de Hebreus nos exorta a ouvir! Ele fala sobre o privilégio que nós, os que estão debaixo da graça temos, a de ouvir as verdades de Deus diretamente de Seu Filho, aquele que é a exata expressão do Seu Ser!

HB 1:1-2 | “1 Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, 2 nestes últimos dias, nos falou pelo Filho”.

Em outros momentos da história do povo de Deus as revelações se limitavam aos anjos e profetas, mas nós temos o privilégio de ouvir a Cristo!

OUVIR: A BASE DE NOSSA FÉ

E porque esta ênfase sobre o que ouvimos? Pois o que ouvimos define se nossa fé será fortalecida ou enfraquecida:

Nos fortalece quando ouvimos o que é de Deus…

RM 10:17 | “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus”.

E nos enfraquece quando ouvimos o que não devemos…

1CO 15:33 | “33 Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes”.

Mas o importante não é vermos o Senhor?? Afinal em Hebreus mesmo lemos que nossos olhos devem estar no autor e consumador de nossa fé… Sim, mas mesmo isto será a consequência de nosso ouvir.

UMA SEQUÊNCIA NATURAL

Entenda algo, até naturalmente a sequência normal é esta. O recém nascido, ao nascer, ouve bem mas ele levará cerca de 3 meses para enxergar perfeitamente e aproximadamente 1 ano para falar. Na conversão de Paulo vemos a mesma sequência, a Palavra diz:

AT 9:4 | “4 e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?”

Ele prontamente ouviu ao Senhor mas não o via pois estava cego.

Voltando ao texto de Hebreus, vemos que a exortação vai além de apenas ouvir. O texto diz, nos apeguemos às verdades ouvidas, ou em outras versões, ouçamos com diligência. E a palavra empregada aqui como firmeza significa “mais excessivamente, além da medida, acima dos outros”. Então além de ouvir, precisamos voltar nossa atenção ao que ouvimos.

Precisamos ouvir atentamente o que Cristo diz, e isto nos conduzirá novamente ao que é essencial já que o que Cristo diz não é superfluo ou passageiro, mas são palavras de Vida Eterna!

Deus mesmo revela esta verdade aos discípulos no monte da Transfiguração:

MT 17:1-8 | “1 Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro e aos irmãos Tiago e João e os levou, em particular, a um alto monte. 2 E foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandecia como o sol, e as suas vestes tornaram- se brancas como a luz. 3 E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele. 4 Então, disse Pedro a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, farei aqui três tendas; uma será tua, outra para Moisés, outra para Elias. 5 Falava ele ainda, quando uma nuvem luminosa os envolveu; e eis, vindo da nuvem, uma voz que dizia:Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi. 6 Ouvindo- a os discípulos, caíram de bruços, tomados de grande medo. 7 Aproximando- se deles, tocou- lhes Jesus, dizendo: Erguei- vos e não temais! 8 Então, eles, levantando os olhos, a ninguém viram, senão Jesus”.

Precisamos isolar as outras vozes e nos concentrar na voz do nosso amado, por isso também a Palavra diz que as ovelhas conhecem a voz de Seu Pastor!

DILIGÊNCIA, O OPOSTO DA NEGLIGÊNCIA

Há uma bênção sobre o ouvir com atenção – “não nos desviarmos das verdades”. …

TG 1:25 | “25 Mas aquele que considera, atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem- aventurado no que realizar”.

Tiago revela este “segredo”, os ouvintes diligentes são “operosos praticantes”. Nos mantemos firmes ao que ouvimos pois nossa vida vira uma grande prática da Palavra de Deus. E não nos desviamos.

Preste atenção a isto. Cair é repentino, mas desviar é progressivo. O desvio é o afastamento de um caminho correto, e às vezes é tão sutil, que só percebemos o quanto nos afastamos quando já estamos totalmente perdidos. O desvio é um esfriamento progressivo que acaba no total afastamento da comunhão e da graça de Cristo.

NOSSOS OLHOS SEGUEM NOSSOS OUVIDOS

Qual é sua reação automática a qualquer barulho, talvez uma explosão? É olhar… seus olhos seguem seus ouvidos… E espiritualmente isto é real, quando passamos a ouvir e ouvir o que Cristo nos diz, nossos olhos são conduzidos a Ele e não se distraem com as coisas desta vida ou com outras vozes.

Alguma vez você já esteve tão atento a algo que estava assistindo, que simplesmente nem ouvia o que as pessoas a sua volta diziam? É assim que espiritualmente precisamos estar… focados em Cristo!

Se é assim, também se faz real em nossas vidas outra palava:

LC 11:34-36 | “34 São os teus olhos a lâmpada do teu corpo; se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; mas, se forem maus, o teu corpo ficará em trevas. 35 Repara, pois, que a luz que há em ti não sejam trevas. 36 Se, portanto, todo o teu corpo for luminoso, sem ter qualquer parte em trevas, será todo resplandecente como a candeia quando te ilumina em plena luz”.

E ainda outra:

MT 12:34-35 | “Porque a boca fala do que está cheio o coração. 35 O homem bom tira do tesouro bom coisas boas; mas o homem mau do mau tesouro tira coisas más”.

Como enchemos nosso coração? Lembram do bebê? Primeiro ouvimos, depois vemos e agora falamos…

2 TM 2:1-2 | “1 Tu, pois, filho meu, fortifica- te na graça que está em Cristo Jesus. 2 E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros”.

Anúncios
OUVIR

2 comentários sobre “OUVIR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s